Programação

24/11

20h – Sessão de Abertura
Cerimônia de Abertura
Ȼansei(o), de Jadson Reis (2 min)
Deus me livre, de Alexei Divino (16 min)
Maria Luiza, de Marcelo Díaz (80 min)

25/11

16h – MOSTRA COMPETITIVA REGIONAL 1
1996, de Rodrigo Brandão
Retratos de uma jovem em quarentena, de Iago de Medeiros
A garça velha, de Marc NaNo
A garota com todos os dons, de João G. Cendretti, Nicolly Matos & Leonardo Heringer.
A vida é coisa que segue, de Bruna Schelb Corrêa
Domingo no paint, de Gustavo Furtuoso Ribeiro
Vida dentro de um melão, de Helena Frade
Tal pai, tal filho, de Lucas Andries
Sagrado, de Mayara Moreira

16h – MOSTRA COMPETITIVA MERCOCIDADES 1
Neguinho, de Marçal Vianna
Altcell, de Matheus Galvão & Erik Fischer
Maratonada, de Gabriel Almeida e Letícia Catalá
Gilson, de Vitória Di Bonesso
O silêncio lá de baixo, de Pamella Araújo
O beijo / El b(eso), de Alexa Centurión Chocobar
Meninos rimam, de Lucas Nunes
Boneca Quebrada / Muñeca tota, de Gaspar Aguirre & Román Sovrano
O desenho de um peixe / El dibujo de un pez, de Juana Castro
Letícia, Monte Bonito, 04, de Julia Regis

20h – Debate dos filmes com os realizadores e o público pela plataforma Zoom.

26/11

16h – MOSTRA COMPETITIVA REGIONAL 2
Suellen e a diáspora periférica, de Renata Dorea
Ir à praia, de Beatriz Dias
Janaína sem cabeça, de Bruna Schelb Corrêa
Na pele, de Luana Nogueira
Epidemia nacional, de Bruno Ferreira
Reflexo reverso: o outro em branco, de Fernanda Thomaz
(In)existente – a vida pelo seu olhar, de Stéphanie Ferreira Nunes do Nascimento
MoverAção pela pátria, de Gutão
Vale?, de Eric Moreira

16h – MOSTRA COMPETITIVA MERCOCIDADES 2
Endless love, de Duda Gambogi
A barca, de Nilton Resende
Vai melhorar, de Pedro Fiuza
Volta seca, de Roberto Veiga
Mãe chuva / Mamapara (Madre lluvia), de Alberto Flores Vilca
Inabitáveis, de Anderson Bardot

20h – Zoom – Debate dos filmes